Cidades Vizinhas da Zona Norte

Comércio e Serviços

Outras Regiões - Litoral de SP

Outras Regiões - Interior de SP


Imóveis em Santana Zona Norte SP

 

Imóveis à venda em Santana e imóveis para alugar em Santana negociados pelas melhores imobiliárias da região você encontra aqui no Portal NAWeb Imóveis Zona Norte SP, sendo centenas de ofertas em imóveis residenciais e comerciais para você alugar ou comprar o imóvel de seus sonhos, neste que é um dos principais bairros da zona norte de São Paulo. Aqui você irá encontrar imóveis de todos os tipos como apartamentos, casas, sobrados, casa assobradada, terrenos, salas comerciais, salões comerciais, galpões, coberturas e todos os tipos de imóvel que você necessite pesquisar. Clique nos banners abaixo para pesquisar em nosso banco de dados central, com pesquisas pré formatadas em comprar ou alugar apartamentos, casas, sobrados, terrenos, imóveis comerciais e os melhores lançamentos no bairro de Santana situado na Zona Norte de São Paulo SP. Se preferir, clique aqui para conhecer as imóbiliárias situadas no bairro do Santana.

Imóveis em Santana
Renda Extra
Comprar apartamento em Santana! Comprar casa em Santana! Comprar Sobrados em Santana!



Alugar Apartamento em Santana! Alugar Casas em Santana! Alugar Sobrados em Santana!



Lançamentos de Imóveis em Santana! Imóveis Comerciais em Santana! Comprar Terrenos em Santana!



Procuramos o imóvel pra você ! Simulador de Financiamento bancário ! Ofereça seu Imóvel para venda ou locação !

 



Santana - Informações Gerais

Santana Imgem Aérea


Santana é o principal bairro e um dos mais antigos da zona norte da cidade de São Paulo. Pertence ao distrito homônimo e é administrado pela Subprefeitura de Santana-Tucuruvi. Surgiu em 1782 e seu aniversário é comemorado no dia 26 de julho. Foi um dos primeiros bairros a ter um Dia Oficial, pela Lei 11.169 de 30 de março de 1992, sancionada pela prefeita Luiza Erundina. Originado da Fazenda de Sant’Ana, propriedade da Companhia de Jesus, que foi pela citada primeira vez em 1560 pelo padre José de Anchieta, funcionou como o cinturão verde de São Paulo dos Campos de Piratininga. As terras da fazenda foram divididas em sesmarias no início doséculo XIX.
O império brasileiro começou a nascer na Rua Alfredo Pujol, onde ficava a sede da fazenda, pois foi ali onde a família dos Andradas se estabeleceu e o lugar onde José Bonifácio de Andrada e Silva redigiu o manifesto paulista que ajudou na declaração do Fico por parte de D. Pedro I e posteriormente houve a independência do país em 1822. Um pequeno núcleo se formou no entorno da antiga fazenda. Na planta de 1897, já aparece um traçado de ruas, mas as casas concentravam-se exclusivamente ao longo de algumas destas.
O século XX marcou a integração de Santana à metrópole, dos bondes puxados a burros doséculo XIX à inauguração da primeira estação do metrô na década de 1970. Com esse processo de desenvolvimento e avanços em sua infraestrutura, o bairro transformou-se em um dos principais polos comerciais da zona norte e da cidade. Atualmente o bairro apresenta considerável adensamento populacional e o fenômeno da verticalização em virtude da valorização dos terrenos destinados às classes média, média-alta e alta.
A palavra Santana é a junção de Santa Ana, formada pelo processo de justaposição da Língua Portuguesa, com fontes registadas desde sua fundação. Ao longo dos séculos o bairro foi chamado de Sant' Anna, depois Sant' Ana até o nome atual. Santa Ana, mãe de Maria e avó de Jesus, foi nomeada como Padroeira de Metrópole de São Paulo pelo papa Urbano VIIIem 25 de maio de 1782. Em 1621, o papa Gregório XV fixou 26 de julho como a data da festa litúrgica de Sant'Ana. A santa também é padroeira do bairro.

As principais vias de Santana

  • Avenida Voluntários da Pátria
  • Avenida Cruzeiro do Sul
  • Avenida Bras Leme (ultimos quarteirões)
  • Avenida Santos Dumont
  • Avenida General Ataliba Leonel (primeiros quarteirõs)
  • Rua Dr. César
  • Rua Alfredo Pujol
  • Rua Dr. Zuquim
  • Rua Cons. Moreira de Barros
  • Rua Leite de Morais
  • Rua Ezequiel Freire
  • Rua Duarte De Azevedo
  • Rua Dr. Gabriel Pizza
  • Rua Cons Saraiva
  • Rua Olávo Egídio


Localização de Santana no mapa da cidade de São Paulo

Mapa de Santana

 

Vizualização dos bairros vizinhos de Santana

Arredores de Santana

Ilustação

 

Evolução Demográfica de Santana

Evolução Demográfica de Santana

 

História de Santana

 

Santana é o mais antigo núcleo de povoamento na cidade ao norte do rio Tietê. O bairro foi conhecido por muito tempo como Fazenda Tietê ou Guaré, o caminho de Atibaia e de Minas Gerais. Os colonizadores portugueses trouxeram índios escravos, se instalando juntamente com jesuítas, que já haviam montado um colégio para a catequização. Foram estes [jesuítas] que trouxeram as primeiras melhorias para a fazenda, como o estabelecimento de alguns centros de plantação e criação de animais. Em 1673 a Fazenda de Sant'Ana passou a se desenvolver mais, tornando-se a fazenda mais importante do colégio de São Paulo. A sede da fazenda, construída em 1734 ficava onde é hoje o CPOR/SP. Como reflexo da determinação do Marquês de Pombal de expulsar os jesuítas do Reino de Portugal e de suas colônias confiscando seus bens, a fazenda passou a ser administrada pelo governo da Capitania de São Paulo, já não mais pela Companhia de Jesus. A fazenda tinha seus limites a partir das imediações do Jardim da Luz, seguindo o rio Guaré (atual Tietê) e terminando aproximadamente em Mairiporã.

No início do século XIX, a Coroa tenta fundar um Núcleo Colonial distribuindo terras em sesmarias. Em 1887 viviam pouco mais que 130 pessoas que cultivavam vinha, batata e milho. Anos depois, foi criada a Paróquia de Sant’Ana, tendo por sede provisória a Capela de Santa Cruz, no alto de Santana. Até 1897 as habitações encontravam-se apenas ao longo das atuais ruas Alfredo Pujol e Doutor César. Devido às inundações periódicas da várzea do Tietê, houve uma lenta expansão, e a fazenda foi sendo dividida e subdividida, surgindo então o núcleo do atual bairro de Santana.
Independência
Em 1821 a sede da fazenda era chamada de Solar dos Andradas e em dezembro deste mesmo ano José Bonifácio de Andrada e Silva, vice-presidente da província redigiu a representação paulista ao Governo Imperial neste solar. Esta representação contribuiu para D. Pedro I realizar o Fico, no dia 9 de janeiro de1822 na Capital (Rio de Janeiro). O episódio do Dia do Fico prenunciou a declaração de independência do Brasil no mesmo ano.

No ano 1852 o alferes de milícias Francisco Antônio Baruel, representante de uma das primeiras famílias da zona norte adquiriu terras no bairro, era agricultor, criador de animais, fabricante de farinha e de telhas. Fabricava telhas no Sítio Morrinhos transportando-as por canoas pelo rio Tietê. Formou a Chácara Baruelque possuía a área de um alqueire (24.250 m²) cuja sede situava-se em um castelo de estilo nórdico construído por volta de 1879. A Família Baruel ajudou na construção da Capela de Santa Cruz no alto de Santana. Tempos depois este palacete chamado também de "Castelinho de Santana" foi um orfanato dirigido por Pérola Byington. Francisco Baruel foi homenageado com uma rua que situa-se próximo ao palacete. Outro imóvel que restou da Chácara Baruel foi a casa de D. Maria, filha dos Baruel. Construída em estilo normando com estrutura sólida e rico trabalho arquitetônico é um patrimônio histórico que preserva a história do bairro. Nos anos 1950 a casa foi apropriada pela Prefeitura e a Biblioteca Narbal Fontes foi criada na gestão do Prefeito Jânio da Silva Quadros, recebeu como patrono o ilustre escritor e médico Dr. Narbal Fontes. Ocupa a área de 1.450 m², sendo circundada por um jardim com muitas árvores e bancos.

Dificuldades de acesso a Santana eram históricas e retardavam o desenvolvimento até meados do século XIX. Até então a região produzia uvas e vinhos, quando a Companhia Cantareira e Esgotos resolveu captar água na Serra da Cantareira para abastecer o reservatório da Consolação foi necessária a criação de um meio de transporte para locomoção de trabalhadores e materiais de construção, por isso o Governo do Estado resolveu então construir a pequena linha férrea provisória do Tramway Cantareira.Ao final do ano de 1893 o Tramwayjá estava em operação. O trem passava por Santana naatual Avenida Cruzeiro do Sul transportando passageiros e cargas. Houve uma ampliação do sistema por meio de um ramal até Guarulhos, este ramal começava na estação Areal (próximo ao atual Parque da Juventude) e seguia pela Avenida General Ataliba Leonel.

A estação Santana ficava na Rua Alfredo Pujol, entre a Rua Voluntários da Pátria e a Avenida Cruzeiro do Sul, não muito distante de onde mais tarde foi construída aEstação Santana do metrô. Além de garantir o acesso, a ferrovia ajudou a desenvolver o bairro rapidamente. Mas em 31 de março de 1965, após 72 anos de uso, o Tramway foi desativado, pois freqüentemente ocorriam acidentes nas ruas de Santana oferecendo um risco à segurança dos moradores e também para liberar caminho para o metrô. A energia elétrica permitiu que os trólebus reforçassem o transporte até a chegada da Linha 1 do metrô, em 1975, quando foram inauguradas as estações Santana,Carandiru e Tietê, além do Terminal Santana. Por esses avanços houve um "boom" imobiliário na década levando o bairro a ser um dos principais polos comerciais da cidade.

A Casa de Detenção de São Paulo, popularmente conhecida como "Carandiru" por ter sido construída sobre o córrego de mesmo nome, estava aberta à visitação pública após sua inauguração e chegou a ser considerada como um dos cartões-postais da cidade. Entretanto, após a década de 1940 quando atingiu sua lotação máxima entrou em decadência. Novos pavilhões eram construídos, mas ainda assim aumentava a superlotação. Pelo descaso do governo, no ano de1992 houve uma intensa rebelião que terminou com 111 presidiários mortos. Esta rebelião é conhecida como o Massacre do Carandiru, foi considerado um dos episódios mais sangrentos da história penitenciária mundial. Somente no ano de 2002 a casa foi desativada e parcialmente demolida transformando-se no que é hoje o Parque da Juventude.

Primeira transmissão de rádio

No dia 3 de junho de 1900, o padre Landell de Moura, considerado "pai brasileiro do Rádio", realiza a primeira transmissão da voz humana com registro da imprensa da Avenida Paulista, provavelmente onde hoje está situado o MASP - Museu de Arte de São Paulo ao bairro de Santana, no Colégio Irmãs de São José (atual Colégio Santana). Na época o padre era o pároco da Capela de Santa Cruz ao lado do colégio. Em 1916, no ponto onde hoje está o MASP existia o Belvedere Trianon, de onde se podia avistar o Colégio Irmãs de São José. Pela notável situação geográfica, é muito provável que tenha sido este ponto, pois a comunicação com o telefone sem fio, que utilizava a luz, não poderia ter obstáculos materiais à frente.

Atualidades


O bairro é arborizado e bem atendido no transporte, água, esgoto, moradia e comércio. Sofre de problemas como: congestionamentos, zonas de meretrício da Avenida Cruzeiro do Sul e Rua Voluntários da Pátria na altura do Campo de Marte, inúmeras pichações, alagamentos em suas vias mais centrais e grande número de moradores de rua em seu centro. Para a diminuição dos congestionamentos em suas vias o bairro ganhará uma ligação subterrânea, chamada até então de "Elo Norte" pela CET. O complexo viário com dois túneis ligará a AvenidaCruzeiro do Sul com a Avenida Engenheiro Caetano Álvares no Mandaqui. O túnel beneficiará os moradores dos bairros deLauzane Paulista e do Mandaqui, pois para acessar essas regiões é necessário atravessar as ruas do Alto de Santana e de Santa Teresinha, áreas congestionadas devido à alta verticalização. Orçado em R$ 338 mi, o projeto removerá 340 imóveis, principalmente os localizados no centro de Santana. A conclusão da obra está prevista para o ano de 2012. Além dos dois túneis estão previstas: uma faixa exclusiva para bicicletas e uma calçada.

Todo seu território é urbano com alta taxa de densidade demográfica. O fenômeno da verticalização cresce ano após ano e surge como consequência da valorização dos terrenos existentes. Incorporadoras desenvolvem projetos de edifícios residenciais de médio e alto padrão, tanto que há locais em Santana em que o metro quadrado chega a custar R$ 7 mil. Em virtude da expressiva valorização, o metro quadrado de algumas vias santanenses sofreu acréscimos de pelo menos 100% no projeto do IPTU, exemplo da Avenida Brás Leme. O bairro está localizado no distrito de Santana que possui o maior IDH (0,925) da zona norte da cidade e o décimo nono maior dentre os 96 distritos.

É zona mais antiga do bairro. Possui forte concentração comercial, especialmente nas proximidades das ruas Leite de Morais, Doutor César, Alfredo Pujol e Voluntários da Pátria; a última é considerada como centro de comércio popular portando 600 lojas e um pequeno shopping. A região é conhecida pela autossuficiência, já que possui diversos tipos de comércio e serviço, além de trabalho e instituições de ensino. Apresenta baixo grau de verticalização se comparado ao Alto de Santana, e ótima infraestrutura de transporte. Está relativamente degradado, devido principalmente à presença do comércio ambulante, meretrício e pichações. Após a construção do Parque da Juventude aumentou o processo deespeculação imobiliária na região. Em 2010, ano de eleições, houve o início de um processo de reurbanização do centro de Santana. A Subprefeitura de Santana-Tucuruvi fez obras de revitalização visual, remoção de camelôs e gentrificação da Rua Voluntários da Pátria e suas adjacências. Destaca-se a Avenida Brás Leme, via residencial e comercial arborizada, ocupada por edifícios de classe média. É uma das atrações na temporada natalina, por sua decoração. A região é classificada pelo CRECI como "Zona de Valor C", tal como os bairros de Barra Funda, Tatuapé e Butantã.

É zona mais antiga do bairro. Possui forte concentração comercial, especialmente nas proximidades das ruas Leite de Morais, Doutor César, Alfredo Pujol e Voluntários da Pátria; a última é considerada como centro de comércio popular portando 600 lojas e um pequeno shopping. A região é conhecida pela autossuficiência, já que possui diversos tipos de comércio e serviço, além de trabalho e instituições de ensino. Apresenta baixo grau de verticalização se comparado ao Alto de Santana, e ótima infraestrutura de transporte. Está relativamente degradado, devido principalmente à presença do comércio ambulante, meretrício e pichações. Após a construção do Parque da Juventude aumentou o processo deespeculação imobiliária na região. Em 2010, ano de eleições, houve o início de um processo de reurbanização do centro de Santana. A Subprefeitura de Santana-Tucuruvi fez obras de revitalização visual, remoção de camelôs e gentrificação da Rua Voluntários da Pátria e suas adjacências. Destaca-se a Avenida Brás Leme, via residencial e comercial arborizada, ocupada por edifícios de classe média. É uma das atrações na temporada natalina, por sua decoração. A região é classificada pelo CRECI como "Zona de Valor C", tal como os bairros de Barra Funda, Tatuapé e Butantã.

Atualmente o bairro é um dos mais servidos na cidade por estações do Metrô. São três estações: Tietê, Carandiru e Santana, duas dessas estações estão ligadas a dois importantes terminais rodoviários da capital, como o Terminal Santana, terminal de grande porte utilizado apenas para o transporte coletivo municipal com linhas destinadas essencialmente à região norte, mas também com destinos às outras regiões de São Paulo e o Terminal Tietê, considerado o maior do Brasil e um dos maiores do mundo, liga a cidade a quase todos os estados brasileiros e a algumas cidades dos países vizinhos. O bairro possui acesso fácil a importantes vias, como a Marginal Tietê e a Rodovia Presidente Dutra. Os principais acessos ao centro são feitos pelas pontes Cruzeiro do Sul, Bandeiras e Casa Verde.
Situa-se em Santana o aeroporto Campo de Marte, construído no início do século XX foi a primeira infraestrutura aeroportuária da cidade de São Paulo. Atualmente abriga a maior frota de helicópteros do Brasil e a maior do mundo desse tipo de aeronave, tendo superado a de Nova Iorque. É o quinto do país — após Congonhas, Guarulhos, Brasília e Galeão — em movimento operacional.

O Trem de Alta Velocidade Rio-São Paulo (TAV RJ-SP) ou TAV Brasil será um trem de alta velocidade ou de média velocidade com a função de interligar as duas principais metrópoles brasileiras: São Paulo e Rio de Janeiro. No aeroporto Campo de Marte haverá uma estação subterrânea do trem-bala e será a única parada prevista dentro do município. A ligação entre o Campo de Marte e o metrô ficará a cargo do governo do estado e deve incluir uma passagem subterrânea até a estação Carandiru.


Clique Aqui para acessar nosso site!

Site para Imobiliárias

Groupon

EPX Imóveis!

 

Você vai nos achar dentro dos mecanismos de busca com as seguintes expressões:

  • Imóveis em Santana
  • Imóvel em Santana
  • Apartamento em Santana
  • Casa em Santana
  • Sobrado em Santana
  • Alugar casa em Santana
  • Alugar Apartamento em Santana
  • Alugar imóvel comercial em Santana
  • Alugar sala comercial em Santana
  • Lançamentos em Santana
  • Comprar apartamento em Santana
  • Comprar casa em Santana
  • Imobiliárias em Santana

 

 

 

 

 

 


SNDI-Sistema Nacional de Divulgação Imobiliária
Compra - Venda - Locação - Administração
Apartamentos - Casas - Sobrados - Terrenos - Imóveis para fins Comerciais

© 2010 - Portal NAWeb Imóveis Zona Norte SP

Todos os direitos reservados.

P

roibida a reprodução sem autorização.
Agencia de Criação NAWeb Brasil - Sistemas Netsys Informática